Chocolate Orgânico: 6 benefícios do fruto dos deuses

Benefícios do Chocolate OrgÂnico

O chocolate é tradicionalmente conhecido por aqueles que mantêm uma dieta balanceada, como um doce que deve ser evitado por seu alto teor de açúcar branco, gorduras e leite de origem animal. Porém, o chocolate orgânico, clean label, puro de verdade, e que passa por um processo correto desde a escolha do cacau orgânico, até a produção do chocolate, se torna um alimento. Não é à toa que o cacau, cultivado por grandes impérios indígenas sul americanos, era conhecido como “o fruto dos deuses”.

Mas você sabe o que significa um alimento ser orgânico?

Fazenda de Cacau Orgânico
Fazenda de Cacau Orgânico


De maneira bem simples, para um produto ser orgânico, não pode haver a utilização de pesticidas, herbicidas ou fertilizantes sintéticos no cultivo dos ingredientes utilizados. Os conservantes e outros aditivos, muitas vezes tóxicos, também ficam de fora do produto final. 

Mas precisamos prestar atenção! Para que o chocolate orgânico conserve todos os benefícios incríveis que o cacau orgânico tem a oferecer, o processo produtivo precisa estar aliado à qualidade superior das amêndoas do cacau.

Ele deve ser produzido em moinho de pedra – que não libera resíduo de metal –  de forma lenta, para que as pedras façam o devido trabalho sem produzir atrito na massa de cacau. Além de manter a temperatura baixa, preservando, assim, os nutrientes do cacau. Pois todo o alimento elevado a altas temperaturas vai, aos poucos, perdendo seus nutrientes.

Chocolate Orgânico em Moinho de Pedra na Fábrica da Quetzal
Chocolate Orgânico em Moinho de Pedra na Fábrica da Quetzal

Não necessitamos de produtos como leite de origem animal, glúten, conservantes e gordura trans para confeccionarmos um chocolate de verdade.

Afinal, quais são as principais substâncias benéficas do cacau orgânico e por que elas fazem bem ao nosso corpo?

1- Antioxidantes

A semente ou amêndoa do cacau possui substâncias como polifenóis e flavonoides. Elas são capazes de absorver radicais livres em altas quantidades.

Pelo índice ORAC Oxygen Radical Absorbance Capacity”, ou capacidade de absorção dos radicais oxigenados, que calcula o poder de neutralização de radicais livres em alimentos, o cacau possui 40 vezes mais poder antioxidante que o mirtilo, por exemplo.

Além disso, os flavonoides possuem ação anticarcinogênica. Por meio de seu poder antioxidante, os flavonoides inibem, revertem ou retardam a hiper proliferação de células cancerígenas.

Esse é um dos benefícios mais conhecidos do consumo de cacau, mas não eles param por aqui…

2 – Magnésio

Alimentos Ricos em Magnésio
Alimentos Ricos em Magnésio

O cacau orgânico in natura possui uma das maiores quantidades de magnésio já encontradas em alimentos plant-based.

O magnésio participa de vários processos do nosso corpo. Ele proporciona energia, um sono saudável e equilíbrio hormonal, controla os níveis de açúcar no sangue e contribui para o balanço químico do nosso cérebro.

E todas essas coisas boas acontecem porque o mineral é extremamente importante para nossas reações enzimáticas. Desde a conversão da energia dos carboidratos à síntese saudável do nosso DNA e a formação dos ossos, até a contração dos músculos e o controle da pressão arterial.

3 – Ferro

O ferro é essencial para  saúde sanguínea. Este mineral tem a função de transportar oxigênio a partir das hemácias e células do sangue para todos os músculos do corpo. 


Além disso, o ferro tem papel importante na produção do colágeno e da elastina, essenciais para a formação do tecido conjuntivo, e também na preservação do nosso sistema imunológico.

Então, ele é bom para o sangue, coração, imunidade, pele e oxigenação. E se falássemos ainda, que o cacau é a maior fonte vegetal de ferro que existe?

O espinafre, por exemplo, possui 3,6mg de ferro em 100g, enquanto o cacau possui 13,9mg do mineral nos mesmos 100g. Já 100g de carne bovina possui apenas 2,6mg de ferro.

Quanto mais aprendemos, mais vemos a importância desse fruto ancestral.

4 – Triptofano

Esse aminoácido essencial presente no cacau serve de produto base para a produção da serotonina, o “hormônio da felicidade”. Alguns estudos apontam que a presença de serotonina no corpo atenua sintomas de depressão e ansiedade, além de reduzir a agressividade.

5 – Zinco

O zinco é mais um dos minerais presentes em boas quantidades no cacau. Este componente ajuda na cicatrização, possui ação antioxidante e atua na produção e liberação de hormônios.

Os hormônios do crescimento e a insulina, por exemplo, utilizam o zinco em seus processos biológicos de produção. O mineral também é associado à liberação de serotonina, um neurotransmissor relacionado à sensação de bem-estar.

O mineral que é essencial para o crescimento das crianças também atua diretamente nos fibroblastos, células musculares, bem como na produção de proteínas. Por isso seu alto poder cicatrizante.

6 – Teobromina

Nibs de Cacau Orgânico
Nibs de Cacau Orgânico

Aproximadamente 1% do cacau é teobromina. A substância é um alcaloide broncodilatador e vasodilatador que auxilia a circulação sanguínea e pessoas com problemas respiratórios.

O principal efeito relativo à presença de teobromina no chocolate é a sensação revigorante que este alcaloide traz. Alguns  associam o consumo de chocolate ao aumento de produtividade no trabalho por causa da energia que a teobromina proporciona.

Não é atoa que o chá de cascas das amêndoas do cacau é um grande revigorante e melhora a concentração no trabalho, devido à alta concentração de teobromina.

A importância de consumir um chocolate orgânico de verdade

Chocolate Quetzal - Chocolate Orgânico, Vegano, Sem Glúten e Sem Lactose
Chocolate Quetzal – Chocolate Orgânico, Vegano, Sem Glúten e Sem Lactose


Vale lembrar que chocolates industrialmente processados e que possuem altas quantidades de açúcar e leite perdem grande parte dos nutrientes funcionais do cacau. Ou seja, você pode até consumir um chocolate 70% cacau, mas devido à forma como ele foi feito industrialmente, perde boa parte dos nutrientes no processo. Sem contar os outros malefícios da forma como se dá esse processo industrial.

Por isso, se a sua intenção é experimentar um chocolate de verdade, aliando o cuidado com a saúde ao sabor, dê preferência a chocolates orgânicos. Que não contenham leite de origem animal, químicos e açúcar branco, com intensidade de cacau acima de 60%.

A produção lenta e artesanal, com torras a baixa temperatura, como o chocolate da Quetzal, garante para o seu dia a dia um chocolate de verdade, delicioso e saudável. 

Assista o vídeo abaixo e conheça um pouco da produção artesanal do chocolate orgânico em moinho de pedra, na fábrica da Quetzal:

 

Além disso, esse método de produção e o cultivo orgânico fazem com que o cacau adquira um sabor diferenciado e mais intenso (o que não quer dizer amargo!).

O chocolate de verdade é um alimento orgânico rico em antioxidantes, minerais e muitas outras substâncias que são benéficas para o nosso corpo. 

Experimente um chocolate autêntico. Experimente Quetzal.

Lembre-se sempre que as informações nutricionais devem seguir orientação de um profissional da saúde.

Gostou do nosso artigo? Compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas conheçam os benefícios do chocolate orgânico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 4 =